Projetos

Análise filogeográfica do complexo Heterotermes tenuis (Hagen, 1858) (Isoptera, Rhinotermitidae)

O gênero Heterotermes compreende 50 espécies em todo o mundo, sendo que nove delas ocorrem na Região Neotropical. Heterotermes tenuis (Hagen, 1858) é a espécie com maior distribuição, ocorrendo do sul do México ao norte da Argentina, incluindo Bahamas e Antilhas. Até 1924, apenas H. tenuis era conhecida na América do Sul e, ainda hoje, H. tenuis provavelmente seja um complexo de espécies. Durante o desenvolvimento do meu doutorado, testei se o Rio Madeira poderia ser considerado uma barreira ao fluxo entre as populações de H. tenuis das duas margens. Apesar de não encontrar relação com as margens do rio, a análise do gene mitocondrial COII mostrou uma forte estruturação genética nas populações. Todas as evidências com esse gene (incluindo as filogenias, rede de haplótipo, estatísticas F e distância genética sob o modelo K2P) apontam para a existência de pelo menos duas espécies morfologicamente crípticas, e que a divergência entre ambas seria datada de aproximadamente 20 milhões de anos, ou seja, no Mioceno. Entretanto, durante meu doutorado, utilizei apenas um gene, e poucas localidades. Desta forma, o objetivo desse projeto é realizar uma análise filogeográfica do complexo H. tenuis utilizando tanto genes mitocondriais como nucleares, além de abranger toda a distribuição do grupo. Esse estudo irá contribuir para esclarecer a taxonomia do grupo, auxiliando no estabelecimento de limites entre populações e espécies, além de contribuir para o conhecimento da história evolutiva e demográfica dos grupos que compreendem o atual complexo H. tenuis, levantando ideias para um melhor entendimento dos cupins neotropicais de uma forma geral.
Palavras chave: Espécies crípticas; taxonomia; limites interespecíficos; Região Neotropical


Estudo da termitofauna do alto Rio Madeira

Na região conhecida como “alto Rio Madeira”, no município de Porto Velho, Rondônia, serão criadas as Usinas Hidrelétricas (UHEs) de Santo Antônio e Jirau. As construções das represas das UHEs irão inundar grandes porções de floresta ao longo das duas margens do rio Madeira. Desta forma o conhecimento da biota local e, especialmente, de sua distribuição no espaço, é extremamente importante para elaboração de planos de manejo para áreas de proteção ambiental, ainda mais porque o alinhamento dos rios Amazonas-Madeira-Mamoré separa a região Neotropical em duas áreas de endemismo para diversos grupos de invertebrados e vertebrados. Os cupins são insetos que podem corresponder até 20% da biomassa animal em algumas áreas da Amazônia, entretanto, novas espécies de Isoptera estão constantemente sendo encontradas e descritas. Desde março de 2010 vem sendo realizados dois monitoramentos de cupins em 12 módulos que sofrerão influência direta ou indireta das duas UHEs; são sete na margem esquerda do rio e cinco na margem direita, abrangendo aproximadamente 230 km de extensão às margens do rio. Os 12 módulos foram construídos nos moldes do Programa PPBio, e em cada um deles estão sendo realizadas amostragens trimestrais de cupins utilizando-se protocolo de coleta por tempo em parcelas de 5x2 m. As amostragens serão realizadas até setembro de 2012.


Wikitermes
Logo_completo_transp.png O Wikitermes é um site colaborativo sobre cupins.

O objetivo principal deste site é reunir informações sobre cupins, além de:

- Trocas de informações entre os termitólogos;
- Links para sites dos laboratórios e páginas pessoais dos pesquisadores do Brasil e do mundo que trabalham com esses insetos;
- Links para grupos de pesquisadores em redes sociais;
- Grupos de compilação de referências bibliográficas no Mendeley e Dropbox;
- Links para catálogos de cupins;
- e mais..

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License