To see this website in English, Click Here

Foto2.JPG

Tiago Fernandes Carrijo  

Professor da Universidade Federal do ABC

Centro de Ciências Naturais e Humanas

Sala
Bloco Delta, Sala 286
Rua Arcturus, 03, Jardim Antares, CEP 09606-070
São Bernardo do Campo, SP, Brasil
+55(11)2320 6309

Laboratório
Bloco L, Laboratório L-304
Av. dos Estados, 5001, Sta. Terezinha, CEP 09210-580
Santo André, SP, Brasil.
+55(11)3356-7375

  

tiagocarrijo-email.jpg

ResearchGate - Mendeley - Google Acadêmico

A grande maioria das espécies de cupins não é praga sob nenhuma circunstância, pelo contrário, desempenha atividades extremamente benéficas.

A conservação de populações de cupins está claramente ligada à fertilidade do solo e a uma agricultura sustentável de subsistência, principalmente em locais em que mudanças no uso do solo são crescentes, e em ambientes naturais cada vez mais perturbados e reduzidos.
(Bignell, 2006)

São enormes as evidências de que as baratas do gênero Cryptocercus são os ancestrais dos cupins, ou são os parentes mais próximos desses ancestrais (que hoje são extintos)
(Cleveland et al., 1934)

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License